fbpx

Afinal, o que fazer para evitar a ruptura de estoque?

Um problema que pode afetar de forma considerável os resultados da empresa é a ruptura de estoque, que ocorre quando o cliente vai comprar um produto, mas este não está disponível nas prateleiras do estabelecimento. As consequências são perdas de vendas, clientes insatisfeitos, redução da lucratividade, entre outras.

Vários fatores contribuem para essa situação, como falta de planejamento e gestão de estoque, ineficiência para abastecer as gôndolas, divergência de pedidos e entregas etc. A boa notícia é que existem práticas eficientes que você pode adotar para evitar que isso aconteça. Quer saber quais são? Então, continue a sua leitura!

Ter um controle de estoque efetivo

O controle de estoque é uma tarefa essencial para combater a ruptura de estoque. Por meio dele, é possível identificar com antecedência as mercadorias que estão perto de acabar e, dessa forma, fazer a pronta reposição.

Para ajudar nesse processo, o mais adequado é contar com o auxílio da tecnologia, como ferramentas e softwares que podem proporcionar dados mais precisos, confiabilidade e segurança.

Realizar o inventário periodicamente

O inventário se trata de uma contagem detalhada em que é feita a lista completa dos produtos armazenados no estoque da empresa. Além disso, cada item é identificado e classificado, o que minimiza a lacuna entre o estoque e seu gerenciamento e evita a ocorrência de rupturas.

Por ser uma tarefa trabalhosa e que demanda uma periodicidade para a sua realização, o mais indicado é utilizar um recurso tecnológico para auxiliar no processo e otimizar o tempo.

Powered by Rock Convert

Prestar atenção às datas sazonais

Outro ponto importante é observar as datas sazonais, épocas em que alguns itens são mais procurados que outros. Por isso, faça sempre o acompanhamento dessas operações para não deixar passar essas oportunidades de vendas. Assim, também é possível evitar atrasos nas entregas de produtos por parte do fornecedor.

Adotar um sistema ERP

O ERP permite controlar todo o processo de estoque, desde a aquisição da mercadoria até a sua saída do estabelecimento. Com ele, é possível registrar o recebimento dos itens, a armazenagem e a saída, realizar agendamento de compras e demais atividades.

Ou seja, registra informações relevantes que são transformadas em dados estratégicos, com a emissão de relatórios gerenciais, o que contribui diretamente para o aprimoramento dos processos de suprimento e manutenção.

Nesse caso, é importante fazer uma pesquisa minuciosa para escolher a solução certa. Avalie, por exemplo, as funcionalidades, o suporte oferecido pela fornecedora, se esta tem credibilidade no mercado e se oferece soluções personalizadas de acordo com as necessidades e as características do seu negócio.

Avaliar o índice de ruptura

Uma ideia inteligente é utilizar as informações disponibilizadas pelo ERP para mensurar o índice de ruptura de estoque, identificar possíveis problemas e implementar medidas para solucioná-los antes de afetar os resultados da empresa.

Agora que você entende o que é ruptura de estoque, suas causas e consequências, não deixe de aplicar as dicas apresentadas. Dessa forma, conseguirá evitar lacunas que possam interferir diretamente na qualidade do serviço prestado e na satisfação dos clientes.

Já que falamos sobre soluções tecnológicas, que tal contar com um software de gestão adequado ao seu modelo de negócio? Fale com um de nossos consultores para conhecer melhor as nossas soluções e tirar suas dúvidas.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.