fbpx

Veja o que fazer para melhorar entrada e saída de caixa

Controlar o movimento de entrada e saída de caixa é fazer o registro de todas as transações da empresa para analisar as possibilidades de investimentos futuros e, claro, permitir o acompanhamento da saúde financeira do negócio. No entanto, para tornar o processo mais eficiente, é fundamental contar com boas estratégias e ferramentas de gestão.

Pensando nisso, vamos apresentar as principais dicas de como melhorar entrada e saída de caixa. Continue lendo para conferir!

Registre todas as movimentações financeiras

O primeiro passo é registrar todas as movimentações financeiras da empresa — desde o café para os colaboradores até a venda de um grande projeto.

Para isso, uma boa alternativa é contar com a tecnologia para organizar as entradas e saídas, de forma que todas as informações fiquem armazenadas e centralizadas. Todo esse processo de registro também permite que você estude os dados obtidos para realizar investimentos ou reduzir o custo operacional, por exemplo.

Padronize as informações

Todo o processo precisa ser organizado e padronizado para que os envolvidos entendam as informações, evitando possíveis confusões. Nesse sentido, crie códigos e abreviações que simplifiquem o registro e a compreensão dos dados, mas lembre-se de que, antes de tudo, eles precisam ser bem explicados e detalhados.

Categorize as contas

Essa é uma dica que ajuda, inclusive, na padronização dos processos. Uma boa forma de fazer isso é com um plano de contas, que deve ser dividido em:

Powered by Rock Convert
  • ativos: representam máquinas, imóveis, estoque e outros que correspondem ao patrimônio da empresa;
  • passivos: são os dividendos de um negócio, como o pagamento de fornecedores e obrigações fiscais;
  • receitas: são todas as entradas no caixa, qualquer que seja a sua origem (por exemplo, produtos e serviços comercializados pela empresa);
  • despesas: aqui, deve conter tudo o que sai do caixa (salários de funcionários, custos para o funcionamento do negócio, pagamento de empréstimos etc.).

Analise as métricas

Assim como todas as ações da empresa devem ser mensuradas para você entender se os resultados obtidos estão sendo satisfatórios, o mesmo vale quando o objetivo é melhorar entrada e saída de caixa.

Dessa forma, é essencial avaliar quais métricas são realmente importantes para esse fim, qual a periodicidade e como devem ser analisadas. Nesse caso, vale acompanhar prioritariamente o desempenho do faturamento, lucro e saldo.

Utilize um sistema ERP em nuvem

Como dito, a tecnologia pode ajudar no armazenamento e na centralização das informações, mas os benefícios não param por aí. Um sistema ERP em nuvem, por exemplo, diminui as chances de erros, disponibiliza relatórios, além de possibilitar o acesso às informações de qualquer lugar.

No entanto, é necessário contar com uma ferramenta robusta, como o WM10, que fornece as informações em tempo real, dispondo de relatórios gerenciais inteligentes para diversos setores de uma empresa — deixando todo o processo mais eficiente e ágil.

Como você pôde ver, melhorar entrada e saída de caixa é fundamental no trabalho de gestão das finanças da sua loja física ou virtual, além de ser a peça-chave para auxiliar nas tomadas de decisões.

Quer saber mais como o sistema WM10 pode ajudar o seu negócio? Entre em contato conosco agora mesmo!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.