fbpx

Cadastro de clientes no varejo: importância, como fazer e como usar esses dados

Infelizmente, muitas empresas do varejo deixam de lado o cadastro de clientes e potenciais novos compradores. O que elas não perceberam ainda é o quanto esse registro pode contribuir para aumentar o faturamento do negócio, desde que os dados sejas utilizados de maneira adequada.

Diante da importância desse cadastro, explicaremos neste conteúdo por que os estabelecimentos varejistas devem registrar seus clientes e manter seus dados atualizados, além de como usar essas informações em prol do crescimento da empresa.

Se você quer aprender mais sobre o assunto, continue a leitura deste material!

Qual a importância do cadastro de clientes no comércio varejista?

O registro dos consumidores de uma empresa ajuda bastante os setores comercial, de sucesso do cliente, de atendimento, de marketing e demais departamentos que precisam entrar em contato com o público. Isso porque evita que eles telefonem para a pessoa errada ou até mesmo entreguem algum material de marketing ou produtos de forma equivocada.

Além disso, visando gerar mais vendas, por meio do cadastro de clientes é possível colocar em prática boas campanhas de remarketing (quando você executa ações de publicidade segmentadas apenas para uma lista de potenciais clientes) e impulsionar a recompra.

Levando em consideração que é mais eficaz realizar o upselling e o cross selling, técnicas que basicamente se propõem a aumentar o ticket médio e o faturamento por cliente já conquistado, a utilização desses dados em prol de campanhas direcionadas pode melhorar a saúde financeira do negócio.

Powered by Rock Convert

Quais os principais dados a serem coletados no cadastro?

Embora muitos dados possam ser coletados em um cadastro, é necessário solicitar os principais para não prejudicar a experiência do cliente. Afinal, a pessoa pode ficar insatisfeita com a sua loja se tiver que preencher formulários intermináveis, e o objetivo é fazer exatamente o contrário.

Por isso, procure analisar as características do seu público e do segmento em que você atua, para descobrir o que realmente faz sentido para o seu negócio. Porém, de modo geral, pode-se captar dados como:

  • nome;
  • telefone;
  • e-mail;
  • endereço;
  • redes sociais;
  • data de nascimento/aniversário.

Como utilizar os dados coletados de forma certeira?

Primeiramente, é importante comunicar aos seus clientes as novidades da sua empresa. Nesse momento, lembre-se de que você precisa realizar a segmentação adequada. Nada de enviar tudo para todos!

Outra ótima dica é enviar os produtos pelos quais o consumidor pode interessar, com base nas últimas compras que ele fez. Você pode executar essa ação tanto por telefone quanto por e-mail ou remarketing nas redes sociais.

Por último, sugerimos que você construa uma agenda de contatos. Isso significa combinar diretamente com o cliente os horários que ele gostaria que a sua empresa entrasse em contato. Aqui, fazer um pipeline pode ser interessante para organizar todo esse processo.

Agora que você já tem as principais informações sobre o cadastro de clientes e entende como esse processo pode ser um pote de ouro para o seu negócio aumentar o faturamento, pegue as dicas apresentadas e adapte-as à sua realidade.

Quer receber conteúdos como este diretamente na sua caixa de entrada? Basta se cadastrar em nossa newsletter!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.